SECELT realizou a mais democrática eleição para o Conselho Municipal de Cultura

No final da tarde dessa quarta-feira (13/09) a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo (SECELT), realizou reunião com representantes culturais da sociedade civil para a eleição de seus membros junto ao Conselho Municipal de Cultura de Caetité (CMCC), e contou com a presença de vinte e seis entidades culturais da cidade e setenta e quatro participantes. Tamanha participação nunca antes foi verificada na cidade.

A eleição fez com que o Conselho completasse seus quadros de cinco membros efetivos e cinco suplentes para a sua parte que representa a sociedade civil. Uma das principais inovações foi o fato de que, pela primeira vez, tiveram assento nesse órgão de consulta três das quatro entidades da religiosidade afro-brasileira existentes em Caetité: o Ilê Àsé Oju Òorún, Ilê Ase Danadana e o Ilê Asé Ogun Akorô.

Dentre as várias entidades que se fizeram presentes, na ocasião estavam os muitos grupos que integram a Casa Anísio Teixeira, a Maçonaria, a Ordem de Ministros Evangélicos, APAE, Sindicato de Trabalhadores Rurais, Associação da Feira Velha, Academia de Letras, grupos de capoeira, dentre outros.

O Presidente do Conselho, gerente municipal de cultura e turismo, André Koehne, assinalou que este é apenas um dos passos para que a cidade venha a regularizar o Sistema Municipal de Cultura, e que a diversidade em sua composição coincide com a proposta de trabalho do prefeito Aldo Gondim, que tem programado ações de governo com a ampla participação popular.

O quadro da sociedade civil ficou assim constituído:

Conselheiros titulares – Taynah Rochael Ledo Scislewski (Ilê Asé Danadana), Fernando Dias (Dobradores de Arte da Casa Anísio), Edimilson de Brito Gomes (AMPIC), Eilaine Souza dos Santos (Casa Anísio Teixeira), Cláudia Silva Souza Nascimento (Amofeve); suplentes, respectivamente – Ailton Pinheiro Santos (Coletivo Curta de Quinta), Alex Pereira dos Santos (Ilê Asé Oju Òorún), Antônio Lima Souza (Ilê Asé Ogun Akorô), Géssica de Brito Silva (Grupo de Dança 6×4=20, da Casa Anísio) e Waldisney Bonfim Teixeira Júnior (Coletivo Dupla de Dois, também da Casa Anísio).

 

Deixe um comentário