Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) volta com tudo em 2018

Programa entrega cerca de 15T de alimentos por semana.

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) retomou com força total no dia 17 de janeiro, beneficiando mais de 100 famílias de agricultores familiares. O programa, realizado em parceria com o Governo Federal, visa fortalecer os pequenos produtores rurais e implementar a segurança alimentar e nutricional junto às pessoas em maior vulnerabilidade social.

“Com a adesão do programa em Caetité, a agricultura familiar é valorizada, garantindo sustentabilidade à população, porque os alimentos adquiridos são doados para cerca de 10 comunidades cadastradas. Dessa forma, o programa promove, por um lado, a justa distribuição de renda, e a segurança alimentar e nutricional, por outro”, explica Maria Luiza Carneiro, Nutricionista do PAA no município.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Rosival Almeida, comemora o retorno do programa. “Hoje é um dia de muita alegria, porque essa iniciativa representa uma renda extra para mais de 100 agricultores. Em 2018 o valor repassado pelo governo federal foi de R$320.000. Para 2019, nós encaminhamos um projeto de R$500.000. Dessa forma, será possível beneficiar não apenas mais agricultores, mas também, mais entidades beneficiadas”, destacou Rosival.

O agricultor, Jairo Alves Cardoso, da Fazenda Cercadinho, destacou a importância desse projeto. “O PAA é muito bom para a nossa agricultura e para a renda da nossa família, porque antes não tínhamos para onde vender toda a nossa produção e hoje conseguimos vender tudo”, comemorou Jairo.

Na tarde dessa quarta-feira (24/01), a equipe do Governo Participativo realizou a entrega dos alimentos na comunidade quilombola de Lagoa do Meio, para a alegria de vários moradores, como a D. Dalvinha Rocha. “Hoje eu me sinto muito feliz. Antes a gente não tinha oportunidade, não recebíamos nada. E hoje estamos sendo contemplados com produtos do PAA, que são frutas, verduras e biscoitos de muita qualidade, para toda a nossa comunidade. É só alegria!”, destacou D. Dalvinha.

Dentre as entidades filantrópicas beneficiadas com a entrega de frutas e verduras, além de Lagoa do Meio estão: a Associação das Senhoras de Caridade (Abrigo), Apae, Associação Deus Acampado (Casarão), Associação de Moradores do Bairro Prisco Viana, Associação de Moradores da Feira Velha, Cooperativa de Coleta Seletiva de Caetité, Igreja Presbiteriana Plenitude em Caetité, Associação de Agricultores da Comunidade Quilombola de Sapé, Associação de Agricultores da Comunidade Quilombola de Cangalha, Associação de Moradores da Feira Velha, Comunidade de Malhada – Maniaçu, Comunidade de Vargem Grande – Maniaçu e Comunidade Quilombola de Contendas – Maniaçu.

O prefeito Aldo Gondim, destaca a importância do programa. “Essa é uma iniciativa que visa não apenas o fortalecimento do pequeno produtor rural, estimulando a fixação do homem no campo, gerando renda, mas depende, sobretudo, da união e organização das comunidades. O PAA é vantajoso tanto para os pequenos produtores, que têm sua produção excedente vendida a preços vantajosos, quanto para as entidades e famílias que precisam e recebem os produtos”, destacou o prefeito.

 

Deixe um comentário