Nota de pesar pelo falecimento do Pe. Raimundo

Faleceu no dia 16 de maio o Monsenhor Antônio Raimundo dos Anjos, conhecido em Caetité como Pe. Raimundo, cidade onde veio bastante novo para cursar o seminário e na qual exerceu grande parte de sua vida religiosa e o magistério.

Ainda na década de 1980, unindo-se ao bispo diocesano D. Eliseu, realizou instâncias junto ao governo estadual para a efetiva instalação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caetité, criada três décadas antes; ali funcionando ainda nas dependências do Instituto de Educação Anísio Teixeira (IEAT), foi seu primeiro diretor e por diversas vezes veio a ocupar este cargo. Com a incorporação desta unidade em 1997 à Universidade do Estado da Bahia (Uneb), constituiu o núcleo que veio a se constituir o atual Departamento de Ciências Humanas do Campus VI desta universidade.

Galgando postos na Uneb, Monsenhor Raimundo veio a ser eleito Reitor e depois Vice-Reitor, ocupando ainda cargo no Conselho Estadual de Educação.

Em Caetité, Padre Raimundo deixou um legado imorredouro, que se reflete nas centenas de jovens que, anualmente, ingressam numa das faculdades do Campus VI e daqui saem munidos do nível universitário.

Na cidade tinha pretensões políticas, que entretanto nunca se concretizaram e, apesar de há quase três décadas residir na capital do estado, jamais deixou de acompanhar os destinos da terra que escolheu como sua e onde viveu toda sua juventude.

O Prefeito Municipal de Caetité, Aldo Ricardo Cardoso Gondim, recebe esta triste notícia e manifesta em nome de todo o povo caetiteense o grande pesar, expressando a todos quanto o conheceram, aos familiares e aos membros da Igreja Católica os pêsames e os votos de gratidão por tudo quanto seu nome representou para esta terra.

Deixe um comentário