Escola Ovídio Teixeira culmina Projeto Quizomba: Brasil de todas as tribos e de todas cores e Projeto Festeja (Noite Cultural) 2017.

O Grupo Escolar Senador Ovídio Teixeira tem se destacado pelos eventos realizados com as culminâncias dos seus projetos no segundo semestre de 2017. Eventos estes que marcaram a vida de estudantes, familiares, professores, direção e todos da comunidade escolar. De setembro para cá, a escola tem se empenhado na execução das atividades inerentes aos projetos existentes na unidade de ensino e tem promovido eventos, de fato, significativos.

Iniciando pelo Projeto Art’manhas, seguido do Projeto de Leitura: leitura no coração e Feras da Aprendizagem até os mais atuais: Projeto Quizomba; este, realizado nos dias 23 e 24 de novembro nos turnos matutino e vespertino, com uma grande gincana cultural e esportiva, no qual, pode-se notar o envolvimento ativo dos alunos para que tudo tivesse um bom desenvolvimento e sucesso nas apresentações das provas, tanto antecipadas quanto surpresas; e, também, a maravilhosa Noite Cultural do Projeto Festeja, realizada no dia 23/11, com diversas atividades voltadas para a temática em si e trazendo à tona a questão da Consciência Negra, Branca e Indígena com uma proposta de promover e/ou despertar nosso olhar para demonstrar que através desta consciência se faz um Brasil de Saber e (des) Sabores.

O objetivo primordial do projeto é levar os alunos a refletirem sobre a diversidade étnico-cultural para compreenderem que cada povo possui sua identidade própria, presente nas crenças, costumes, história e organização social. E, assim, promover o respeito às diferenças de qualquer gênero para a valorização do ser humano e da identidade cultural de todos os povos.

Frente a este objetivo, o projeto é tido como interdisciplinar, perpassando por todas as áreas do conhecimento. Segundo a diretora da Unidade Escolar, Ceane Nelbe de Oliveira Batista, “há uma necessidade de repensarmos nossas ações diante das atitudes de desrespeito com os afrodescendentes que formam a maioria da população brasileira sendo historicamente discriminados e desrespeitados em suas raízes e manifestações, pois estamos inseridos em uma diversidade de valores e culturas que se entrelaçam”.

Ceane destaca, ainda, que “por esse motivo, precisamos criar propostas que trabalhem todas estas questões culturais, étnico-raciais desde as séries iniciais até o ensino médio, proporcionando debates constantes, momentos de reflexão e valorização da cultura Africana, compreendendo sua importância para diálogo e convivência harmônica com a diversidade. Acreditamos que, ao executarmos este projeto, já estamos colaborando de alguma forma. Afinal, a informação melhora a formação do cidadão”.

A escola agradece o envolvimento de todos os professores, da família, de toda a comunidade e, em especial, dos alunos que assumiram, com afinco, a responsabilidade de estarem participando das atividades voltadas para este projeto, merecendo grande destaque as provas “arrecadação de alimentos”, “desfile da personalidade negra” (tendo como homenageado o rei do futebol Pelé – pela equipe Afro-Red; e Maria Felipo – pela equipe Nação Afro) e “prova de conhecimento” (com questões de diversas áreas do conhecimento). Contudo, este destaque não diminui a importância das demais provas que foram executadas com muito empenho e dedicação pelos alunos de cada equipe.

Na Noite Cultural do FESTEJA, no dia 23/11, os alunos e visitantes puderam contemplar diversos trabalhos artísticos produzidos pelos alunos sob orientação de seus professores, além de exposição de uma mesa com comidas típicas.

A realização do evento contou com apoio de pessoas do comércio local, destacando, especialmente, aqueles que acreditaram no propósito desse projeto e colaboraram financeiramente para que o mesmo fosse realizado. Os incentivadores foram:

  • Hotel Porto do Sol – Flexibilidade e Qualidade;
  • Eletrolaser Móveis e Eletros;
  • Granfino Home Center – Materiais para Construção;
  • Consorbyte – tradição e credibilidade.

 

Deixe um comentário